sexta-feira, 16 de maio de 2008

A Casa está Caindo...


Estão começando a descobrir partes do acordo secreto existente na América do Sul, onde muitos políticos de diversas nacionalidades teriam envolvimento com as FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia). Aqui no Brasil a revista Veja já trouxe como destaque as supostas doaçoes financeiras da ordem de R$ 5 milhões das FARC para candidatos petistas: “no dia 13 de abril de 2002" um grupo de esquerdistas solidários com as FARC promoveu uma reunião político-festiva numa chácara nos arredores de Brasília. Na reunião (...) o padre Olivério Medina, que atua como uma espécie de embaixador das FARC no Brasil, fez um anúncio pecuniário. Disse aos presentes que sua organização guerrilheira estava fazendo uma doação para a campanha eleitoral de candidatos petistas de sua predileção.”

Infelizmente a revista Veja não conseguiu encontrar indícios suficientemente sólidos de que os 5 milhões de dólares tenham realmente saído das FARC e chegado aos cofres do PT”, a reportagem situa o suposto empréstimo no domínio dos pequenos militantes petistas, isentando a alta cúpula do partido de qualquer culpa. Para avalizar essa posição, Veja traz o depoimento do senador Aloízio Mercadante: "Se essa doação existiu, o que não acredito, ela não foi feita ao PT, mas a indivíduos que se dizem ligados ao partido. Se eles forem identificados e forem do partido, serão expulsos". E estranhamente este assunto foi abafado!!!

Mais tarde, outro escândalo veio a tona falando também sobre o envolvimento de Evo Morales presidente da Bolívia, com o miraboloso plano para destruir o governo de Álvaro Uribe na Colômbia, e com a intenção de reconstruir as capacidades operacionais das FARC, e de não considerar o grupo armado como terroristas. Já na Argentina, no final da campanha presidencial de Cristina Kirchner, foi estourado outro escândalo falando sobre a existência de uma maleta com 800 mil dólares vindo da Venezuela, dinheiro que segundo informações pertenceriam às FARC, ela foi eleita e empossada através de uma grosseira fraude.

Agora é a vez do presidente venezuelano Hugo Chávez ficar no Centro das atenções pela Centésima vez, onde a Interpol afirmou que as autoridades colombianas não alteraram arquivos em computadores que, segundo o governo colombiano, continham provas de que a Venezuela dava apoio às FARC.

http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/05/080515_farcinterpolfn.shtml

3 comentários:

Espaço Mensaleiro disse...

Solicito autorização para incluir seu trabalho no link do Espaço Mensaleiro.
Muito obrigada.
Tenha um bom dia!

Emanuel Basilio Jr disse...

Com Certeza!!!!

Espaço Mensaleiro disse...

Emanuel, muito obrigada.
Tudo de bom!
Muitas felicidades!
Agradeço muito haver colocado
Espaço Mensaleiro em seu link.
Por favor,fique sempre muito a
vontade para discordar, criticar...
Os amigos são pra isso!